Brasília - DF
16 de agosto de 2017
Divulgação

O respeito ao outro

Olá gente amiga, gente querida hoje quero escreve sobre a importância do respeito às subjetividades usando um termo filosófico ou seja às particularidades de cada um enquanto um ser individual e dotado de particularidades.

Existem pessoas que não entendem isso e acham que suas ideias, seus pensamentos, seus ideias de vida, seus desejos são os corretos e querem impo-los à família, amigos e àqueles que vivem ao seu redor.

Dizem “Ah! Você não come isso ou aquilo mas é importante”, importante para elas mas será que o é para o outro ?

Pessoas que não conseguem respeitar o jeito de ser do outro e isso ou esse “feeling” esse “simancol” como diriam os antigos é de suma importância para se viver em sociedade.

Há pessoas que não conseguem por exemplo se calar enquanto outro lê, mas pelo contrário fala sem parar, interrompe a leitura a todo instante, não respeitam o momento em que o outro está assistindo tv tentando entender uma notícia ou um determinado programa e falam disparadamente, enfim, não sabem o momento de falar e o de calar.

Para vivermos em sociedade é preponderante entendermos nossos limites em relação ao outro !

Boa noite de sexta  / ante-véspera do Dia das Mães

 

Alexandre Torres:

Licenciado em Filosofia
Técnico em Administração
Bacharel em Teologia
Mestre de Cerimônias
Jornalista

Proffisional em Comunicação Radio e TV

Comentarios