Brasília - DF
16 de agosto de 2017

14 iniciativas que estão virando a política e você precisa conhecer

Hora de dar uma pausa no noticiário de escândalos e falcatruas e ver coisas boas que estão acontecendo na política — sim, elas existem!

Um dos mantras da Virada é que a política é importante demais para ser deixada apenas nas mãos dos políticos. Então, nada mais justo que nossa segunda lista seja sobre iniciativas que estão com a mão na massa, ou melhor na política.

A seguir, você confere o resultado de mais uma curadoria coletiva feita via WhatsApp pelo coletivo que organiza voluntariamente a Virada. A lista está em ordem alfabética e contou com a participação da carla mayumi na edição. Saca só…

(a maior parte das informações foi tirada dos sites e páginas das próprias iniciativas ou de matérias publicadas sobre os mesmos)

1. Acredito

O que é?

Um “movimento de renovação política nacional e suprapartidário […] que visa oxigenar a política brasileira. Para reduzir barreiras a quem nunca teve mandato. Para fazer renovação não com falas fáceis, mas do jeito certo. Um movimento que nos permita, em meio a tanta indignação, dizer ainda mais alto: Acredito.

 

Como atua?

Conforme contam no vídeo, o grupo pretende atuar com base em três pilares: a mobilização ligada a causas, a geração de conteúdos que enriqueçam o debate no país e o mais importante de todos que é lançar candidatos para concorrerem a vagas no executivo em 2018.

Mais informações: https://www.movimentoacredito.com/

2. Agora!

O que é?

O Agora! é um movimento que se propõe a atualizar a forma como se pensa a política e como se atua nos espaços públicos no Brasil

Como atua?

Para impactar a agenda pública e a ação política a partir da sociedade.

Mais informações: https://www.facebook.com/agoramovimento/

3. AzMina

O que é?

Uma instituição sem fins lucrativos que usa a informação para combater os diversos tipos de violência que atingem mulheres brasileiras, considerando as diversidades de raça, classe e orientação sexual.

Agora, segura essa: duas de suas campanhas acabam de ser premiadas em Cannes, o maior festival de publicidade do mundo. Veja abaixo o vídeo que deu um dos prêmios à AzMina (criado pela agência J. Walther Thompson) e que fala da desigualdade salarial entre homens e mulheres.

 

Como atua?

Por meio de consultorias, palestras e debates, aprofundam a discussão sobre os direitos da mulher e de campanhas de conscientização nas redes sociais como a #CarnavalSemAssédio e #MamiloLivre. Também realizam as “Bolsas de Reportagem” que são reportagens investigativas profundas sobre temas essenciais às mulheres. Uma das últimas é sobre “educar para a desigualdade”.

Além de produzirem conteúdo na Revista AzMina, publicação online e gratuita. E claro, tem a página no Facebook, que vale muito a pena seguir.

3. Bancada Ativista

O que é?

Um movimento suprapartidário para ajudar a eleger ativistas e ocupar a política. Trabalham por uma política renovada em seus princípios, práticas e conteúdo. “Resolvemos pensar em que tipo de candidatos queremos, antes das eleições, antes da propaganda dos candidatos, antes de todo o processo eleitoral dominar as matérias de jornal e as redes sociais”.

 

Como atuam?

Realizaram em 2016 um experimento político para aprender fazendo e descobrir, na prática, algo aparentemente simples: “como podemos escolher melhor os vereadores da nossa cidade?” Em 2016, formaram um comitê cívico de campanha para candidatxs a vereador em São Paulo.

Uma das candidatas se elegeu. Passadas as eleições, continuam na ativa organizando o “Bancada Escuta”, eventos mensais sobre temas ligados a causas da cidade de São Paulo. E tem mais coisas vindo por aí.

Mais informações: http://www.bancadaativista.org/

4. @Brasil21

O que é?

Um movimento político, social e cultural que tem a proposta de unir candidatos para 2018, em torno de causas comuns.

Como atua?

Estão construindo uma base de pessoas e organizações que dêem corpo e forma ao movimento. Defendem políticas progressistas e emancipatórias, baseadas em cinco pilares: progressividade socioeconômica; Estado efetivo — nem mínimo, nem máximo; políticas públicas baseadas em evidência e contexto; sustentabilidade, resiliência e inovação tecnológica e coesão social.

Mais informações: https://www.movimentobrasil21.org/home

5. Datapedia

O que é?

Plataforma que agrupa dados públicos de municípios do país e os transforma em informação. Unificam dados, traduzem e disseminam informação de fontes oficiais e públicas.

Como atua?

Coletam dados públicos disponíveis em todo o Brasil. Uma vez coletados, os dados passam a ser organizados, depois transformam os dados em informação. A plataforma busca superar uma barreira de compreensão da população em relação a esses dados, que muitas vezes são disponibilizados de forma inadequada.

Mais informações: http://www.datapedia.info/public/

6. Gabinete 56

O que é?

Um gabinete hacker na Câmara Municipal de São Paulo. Como a cidade tem 55 gabinetes de vereadores eleitos, o número traz a ideia de ser o 56º, um gabinete cidadão. A ideia nasceu do ex-candidato a vereador Pedro Markun, que diz: “A gente não conseguiu uma das 55 cadeiras da Câmara de Vereadores de São Paulo.

Mas estamos criando o GABINETE 56, um gabinete hacker, criado nas brechas do sistema político, que vai atuar promovendo transparência e atuação cívica direta dentro da câmara legislativa.”

Como atua?

Estão acompanhando os processos do legislativo municipal e o trabalho dos vereadores de São Paulo. A proposta é realizar um experimento de transparência, autonomia e participação política para a cidade. Passam um dia por semana acompanhando as votações no Plenário, as discussões que acontecem nos corredores e gabinetes.

7. Infame.us

O que é?

Um canal de vídeos, textos, fotos e entrevistas que se propõe a redistribuir olhares para dar voz a pessoas, opiniões, sentimentos e realidades que não costumam ser escutadas. A palavra que define o conteúdo editorial talvez pudesse ser “sensibilidade”.

Um olhar cuidadoso para temas que nem sempre são belos . “Queremos ouvir histórias que inspiram e incomodam, bem como discussões que façam pensar; aquelas que talvez nunca fossem contadas ou discutidas se cruzássemos os braços.”

 

Como atua?

Trabalham com uma equipe própria e colaboradores externos.

Mais informações: https://infame.us/

8. Jogo da Política

O que é?

Nascido da pesquisa Sonho Brasileiro da Política, o Jogo da Política é um movimento que defende a educação política nas escolas. O principal “produto” do coletivo é um conjunto de três jogos, em formato de oficinas, que simulam os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, levando os jovens a vivenciarem a complexidade da política.

A missão do coletivo é levar a política para escolas de todo o país, para formar cidadãos mais críticos e participativos.

Como atua?

O jogo é aberto e auto-didático, podendo ser baixado no site por qualquer pessoa que queira aplicar as oficinas. Além disso realizam oficinas de formação dos jogos para educadores e aplicam as oficinas para jovens.

Em junho passado, estiveram em Brasília treinando mais de 60 educadores de escolas públicas de todos os estados, como parte da Missão Pedagógica do Parlamento, um programa de educação pra democracia do Centro de Formação da Câmara dos Deputados (CEFOR).

 

Mais aqui: http://jogodapolitica.org.br/

9. Movimento Transparência Partidária

O que é?

Coletivo que defende a reforma dos partidos. Entre outras coisas, querem melhorar a governança dos partidos, renovar as lideranças combatendo a concentração de poder e poder fiscalizar diariamente as contas dos partidos, na internet.

 

Como atua?

Criaram um movimento de advocacy pela causa da transparência dos partidos. No site tem um manifesto e os objetivos específicos que são sua bandeira. Elaboraram um projeto de lei de iniciativa popular pela reforma partidária e estão colhendo assinaturas por meio de uma petição.

Quem quiser assinar, aproveita e clica aqui.

Mais informações: http://www.transparenciapartidaria.org/

11. Mudamos

O que é?

Uma plataforma online que promove um debate qualificado e multissetorial sobre questões públicas e ajuda a construir soluções para os principais desafios enfrentados em relação a determinado tema de interesse público, que pode ser de abrangência local, regional ou nacional.

O ITS Rio, detector da ferramenta, promete que “todas as políticas públicas formuladas coletivamente pela MUDAMOS serão entregues diretamente aos agentes públicos responsáveis pela sua implementação e devem ser acompanhadas depois pela rede de organizações e pessoas que compõem o projeto.”

 

Marlon Reis, idealizador da Lei da Ficha Limpa e propositor do primeiro projeto disponível no app

Como atua?

Recentemente foi lançado um aplicativo que auxilia propostas cidadãs a coletarem assinaturas para se transformarem em projeto de lei de iniciativa popular.

12. Quero Prévias

O que é?

Movimento em favor de eleições prévias em 2018 e da aproximação entre a sociedade e a ‘política dos políticos’. “Por mais democracia, direitos e igualdade e por um processo que dê voz às várias vozes, queremos Prévias!”

 

Como atua?

Colocam frente a frente pessoas, organizações, coletivos e partidos para discutir visões de mundo e promover o diálogo entre diferentes vozes.

13. Serenata de Amor

O que é?

Um projeto de tecnologia que usa inteligência artificial para auditar contas públicas e combater a corrupção. Em setembro de 2016, o grupo idealizador da operação fez uma campanha de financiamento coletivo, quando arrecadou R$ 80 mil para começar o projeto. Até junho, segundo disse Vilanova na Campus Party Brasília, foram identificados cerca de 8 mil reembolsos suspeitos.

O robô — chamado de Rosie — é programado para cruzar dados e rastrear informações com problemas, como notas com CNPJ ou CPF inválidos, pagamentos feitos em locais muito distantes em um curto período de tempo, preços de refeições discrepantes, gastos com bebidas alcoólicas, viagens ao exterior e presença em plenário. “Não dá para um deputado estar votando no plenário e comendo em Salvador ao mesmo tempo”, exemplifica Vilanova.

 

Como atuam?

Unem controle social com tecnologia, levando ciência de dados e inteligência artificial para águas ainda não exploradas. O projeto continua sendo apoiado de forma colaborativa, em um financiamento coletivo contínuo. O grupo também divulga relatórios mensais sobre a operação.

Mais informações: https://serenatadeamor.org/

14. Update Politics

O que é?

Coletivo que trabalha no mapeamento e compreensão de práticas políticas emergentes na América Latina. O mais interessante é que eles têm visitado os países e entrevistado dezenas de pessoas e coletivos para gerar conteúdos super atuais e muito vivos sobre o que está acontecendo agora em países do nosso lindo continente. O vídeo abaixo é o resultado resumido do que aprenderam sobre o México.

 

Como atua?

Apontam tendências e geram conteúdo no site e em seus canais, principalmente a página no Facebook, sobre suas andanças e descobertas. Seus textos no Medium também são bem analíticos.


Ufa, terminou! Lista grandinha, né? Acreditamos que isso é um bom sinal. Se pensarmos que todas essas iniciativas nascem na sociedade civil e que a maioria delas não existia em 2015, dá pra perceber que a movimentação está grande por pessoas querendo um Brasil politicamente melhor.

A gente gostou desse negócio de lista rs. Em breve tem mais! Pra quem perdeu a primeira, foi essa aqui em baixo, ó:

Politiflix: documentários que você precisa assistir, segundo voluntárixs da Virada
Preparamos uma lista com várias recomendações para te ajudar a escolher o que assistirmedium.com

 

Comentarios