“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”- João 8:32

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”- João 8:32

Nossas Redes Sociais
  • 9
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Junto com o amor a verdade é dos valores mais fixos na construção da identidade cristã. Verdade em si é algo que em sua completude é quase impossível de ser assimilado por nós mortais, por isso vivemos sempre em busca de aspectos dela. Cristo se revela como a Verdade, e na dúvida, seguir seus passos imitando-o, resolve o problema da dificuldade de sabermos o que é verdade, dentro do cristianismo.

Para cristãos e não cristãos, sabemos porém, que viver na verdade é viver evitando a mentira.

Um cristão antes de todos deve nas redes sociais jamais difundir fake news. Isso faz parte dos poucos mandamentos deixados por Cristo, buscar a verdade. o NT realmente nos obriga a pouca coisa, nada além de amar, viver na verdade e ser alegre.

Mal inicia-se o segundo turno e recebo inbox no Messenger do Facebook corrente de fake news contra Haddad sobre o já desmentido “kit Gay”. Sério, cristãos não podem fazer isso, mesmo que vejam no PT o arauto do demônio, cristãos não podem atacar o mal eleito com a mentira. Não se expulsam demônios com demônios.

É muito cansativo ficar repetindo as coisas, mas deixo aqui o recado para meu amigo cristão que venha falar que vota no #EleNão por conta da questão da diversidade (homofobia explícita já nessa declaração):

1 – Não existe ideologia de gênero. Espalhar mentiras sobre isso torna o cristão réu do inferno. O que existe são os estudos de gênero desenvolvidos por cadeiras da antropologia e sociologia. Há o diálogo e debate sobre gênero que deve iniciar-se no ensino médio para ensinar o cidadão a saber que existe a diversidade e respeitar ela.

2 – Não existe “Kit Gay”. Espalhar mentiras sobre isso torna o cristão réu do inferno. O que existiu foi uma cartilha chamada “Escola sem Homofobia” que levaria o diálogo e debate sobre gênero para o ensino médio para ensinar o cidadão a saber que existe a diversidade e respeitar ela.

Cristãos, lutemos pela verdade. Independente do voto, a verdade acima de tudo.

Claudio Siqueira
– Acadêmico de antropologia
– Designer gráfico

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *